JOÃO DIAS DE ARAÚJO


ImagemMENSAGEM DA MODERADORA DA IPU
(IGREJA PRESBITERIANA UNIDA DO BRASIL)

A IPU ESTÁ DE LUTO

Morreu domingo passado (09 de fevereiro de 2014), em Feira de Santana (BA), aos 83 anos de idade, nosso querido pastor Reverendo João Dias de Araujo. Parece que depois que sua esposa e companheira de uma vida inteira faleceu em setembro de 2013, João Dias achou a vida sem graça sem sua Ithamar, e o câncer, já tratado anteriormente, voltou com a força de um furacão.

A imagem que temos deste pequeno-grande homem está sempre associada à de Ithamar. Nos encontros e assembleias da Igreja o casal marcava sua presença, revelando um cuidado recíproco traduzido em pequenos gestos de carinho. Amor tão grande, que trouxe frutos através dos filhos do casal. Nosso abraço carinhoso a cada um(a).

Foi na pequena cidade chamada (na época) de Ponte Nova, atualmente conhecida como Wagner, no sertão da Bahia, que nossas vidas se cruzaram pela primeira vez. Foi o Rev João Dias que me batizou, ele pastor da Igreja Presbiteriana da cidade, e meu pai, Rev Jaime Wright, missionário brasileiro que dirigia a escola presbiteriana da cidade, o Instituto Ponte Nova.

João e Jaime iniciaram seus ministérios juntos, e suas vidas se cruzaram em diversos momentos. João escolheu o caminho da teologia e da poesia, utilizando estas ferramentas para influenciar tantas gerações. Jaime escolheu o caminho da justiça social, promovendo ações como a “reforma agrária presbiteriana” no Vale do rio São Francisco (BA).

Quando a ditadura (militar e eclesiástica) se implantou no Brasil, tanto João quanto Jaime foram perseguidos. João escreveu “Inquisição sem Fogueiras”, Jaime o traduziu para o inglês, e eu fiz o desenho da capa da primeira edição. João e Jaime participaram ativamente de órgãos ecumênicos nacionais e internacionais.

João e Jaime deram a sua contribuição para a IPU: João nos deu a letra do Hino Oficial da IPU, “Que estou fazendo se sou Cristão?”, foi Moderador, teólogo e pastor; Jaime foi o primeiro Secretário Geral que a IPU teve, criou o boletim informativo “Traço de União” e deixou sua marca na administração da Igreja.

Jaime nos deixou há 15 anos, marcando na história sua luta em defesa dos Direitos Humanos ; João nos deixa agora, marcando na história sua contribuição para o movimento ecumênico mundial através de suas reflexões e ações teológicas.

João, “meu padrim”, como eu carinhosamente o chamava, vamos sentir saudades da sua lucidez, sua disponibilidade, sua simpatia, seu amor cristão. Dê um abraço a todos que estão aí, fazendo festa pela sua chegada no céu. Um abraço carinhoso de sua “afilhada” e Moderadora desta Igreja que eu você amamos.

Anita Sue Wright Torres

Fevereiro de 2014

OBITUÁRIO – JOÃO DIAS DE ARAÚJO

Facebook  (e Twitter) – 12 de fevereiro de 2014 às 10:03

João Dias (1930-2014) foi fundador, entre outros pioneiros do ecumenismo, da IPU (Igreja Presbiteriana Unida do Brasil). Ramo ecumênico do presbiterianismo histórico brasileiro, igreja nacional ligada ao Conselho Nacional de Igrejas – CONIC (Católicas, Luteranas, Anglicanas, Ortodoxas), Conselho Mundial de Igrejas (CMI), Conselho Latino-Americano de Igrejas (CLAI), Associação de Igrejas Presbiterianas – Reformadas da América Latina (AIPRAL). Jamais concorreu a um cargo político, nem se comprometeu com partidos políticos, embora tenha lutado tenazmente na resistência à ditadura militar (1964-1985); empenhou-se na reforma constitucional no retorno à democracia; assumiu com o rev. Jaime Wright (Secretário Geral da IPU), a luta pelos Direitos Humanos e Cidadania (insurgente), enquanto fundava a CEDITER, dedicada às questões da posse da terra e direitos dos povos indígenas.

Principais bandeiras da IPU (Igreja Presbiteriana Unida do Brasil), entre as propostas de autoria de João Dias — e dos demais combatentes ecumênicos, dentro dessa igreja nacional –, durante 35 anos de ministério pastoral e ensino teológico, assessoria teológica à IPU e ao CONIC: comunhão com igrejas cristãs, indistintamente; interesse no diálogo com religiões afro-brasileiras, compromisso com a democracia plena: economia, sociedade, raças, pobreza, políticas públicas, etc.; ênfase na participação solidária com os despoderados e marginalizados, cidadãos sem vez e sem voz; combatente do neoliberalismo e do capitalismo; colaboração eclesiástica diaconal e ecumênica; interesse ético de combate ao racismo, à homofobia, à exclusão social e defesa dos direitos humanos e cidadania insurgente; luta em defesa de sem-terras, povos indígenas, autóctones pré-cabralianos; esforço por manter o culto não-pentecostalizado e liturgia contemporânea ecumênica.                                                                                              /ultimatoonline / noticias / faleceu-autor-de-que-estou-fazendo-se-sou-cristao

NOTíCIAS – UltimatoOnline

  • 12 de fevereiro de 2014

Faleceu autor de “Que estou fazendo se sou cristão?”

Faleceu neste domingo (09/02), às 14h, aos 83 anos, o Reverendo João Dias de Araújo, vítima de câncer. Ele foi sepultado na segunda-feira (dia 10), em Feira de Santana, BA.O Rev. João foi um dos fundadores da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil (IPU) e colaborador de organismos ecumênicos mundiais, tais como Conselho Mundial de Igrejas, Comunhão Mundial de Igrejas Reformadas (CMI), Conselho Latino-Americano de Igrejas (CLAI), Aliança de Igrejas Presbiterianas e Reformadas da América Latina (AIPRAL) e Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC).

Para o teólogo e pastor da IPU, Derval Dasilio, “João Dias registrou um momento dos mais importantes do protestantismo e da opção calvinista e ecumênica, realçando o papel do grande mestre da Reforma Protestante, matriz do ecumenismo que conhecemos e aplaudimos, hoje. Significativamente, seu livro [“Inquisição sem fogueiras”] rebela-se contra a religiosidade ‘equidistante’, no protestantismo, sem engajamento aparente, político e social – porém, aliado da ditadura militar, a quem evangélicos, na grande maioria, aplaudiram e abençoaram”.

Dentre os livros publicados encontra-se “A Inquisição Sem Fogueiras” e “Sê Cristão Hoje”. De sua autoria, o hino “Que estou fazendo?” (nº 297) Foi muito criticado por conservadores, por sua oposição ao Regime Militar:

Que estou fazendo?

1. Que estou fazendo se sou cristão,
Se Cristo deu-me o seu perdão?
Há muitos pobres sem lar, sem pão,
Há muitas vidas sem salvação.
Mas Cristo veio pra nos remir
O homem todo, sem dividir:
Não só a alma do mal salvar,
Também o corpo ressuscitar.

2. Há muita fome no meu país,
Há tanta gente que é infeliz,
Há criancinhas que vão morrer,
Há tantos velhos a padecer.
Milhões não sabem como escrever,
Milhões de olhos não sabem ler:
Nas trevas vivem sem perceber
Que são escravos de um outro ser.

3. Que estou fazendo se sou cristão,
Se Cristo deu-me o seu perdão?
Há muitos pobres sem lar, sem pão,
Há muitas vidas sem salvação.
Aos poderosos eu vou pregar,
Aos homens ricos vou proclamar
Que a injustiça é contra Deus
E a vil miséria insulta os céus.
_______________
Com informações do site da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil.

O HINO QUE ABALOU O PROTESTANTISMO BRASILEIRO COM SUA MENSAGEM

PARTITURA: QUE ESTOU FAZENDO SE SOU CRISTÃO?

FACEBOOK – 12 de fevereiro de 2014 às 19:55

Guardei a autorização de João Dias de Araújo (1930-2014) para publicar esta partitura, em julho de 1999. Publico-a “in memoriam”, com créditos ao excelente e atualizado Hinário Para o Culto Cristão, Bompastor Editora, 1997 (JUNTA DE EDUCAÇÃO E PUBLICAÇÕES DA CONVENÇÃO BATISTA BRASILEIRA). Os autores são: João Dias de Araújo e Décio Emerique Lauretti. O ritmo e a melodia se inspiraram na música regional nordestina. Nesse caso, uma ciranda em Ré Menor.

Derval Dasilio

décio emmerick e J.dias 2003

Sobre Derval Dasilio

professor teólogo filósofo
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s